PODER JUDICIÁRIO DE JANDUÍS

quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

CIA. CULTURAL CIRANDUÍS


A Cia. Cultural Ciranduís, hoje composta por 30 membros entre crianças, jovens, adolescentes e adultos, surgiu por volta de 1989 no Projeto Recriança, trabalhando apenas danças folclóricas com mulheres em um grupo de 15 meninas.Ao final do projeto em 1992 o grupo se esfacelou e ressurgiu em 21 de abril de 1993, na Escola Municipal Professor Aluízio Gurgel, fundado novamente pelo professor e poeta popular Josivan Melo da Silva.Com 12 jovens estudantes, o grupo ingressou no Movimento Escambo no ano de 1994 e expandiu o trabalho para o município como todo, abrindo assim, mais oportunidade para outros artistas da cidade.Em 1996 o grupo trabalhou o projeto Escambo e Educação de Qualidade Para Todos, junto ao Unicef e com isso aumentou o animo expandindo para dança, palhaço, capoeira, poesia e recreação pedagógica.O grupo montou o espetáculo “As Aventuras de Billy The Kid” entre 1997 e 1999, com intuito de combater o abuso de autoridade da direita do Brasil naquela época, sem políticas públicas e com as privatizações. Em 1999 o grupo conseguiu o registro no CNPJ.Trabalhamos os projetos Arte na Escola em Janduís e Messias Targino; Projeto Kilombo em parceria com a Fundação Luiz Maranhão e o companheiro Zé Bezerra entre 1999 e 2003. Ganhamos o Titulo de Utilidade Pública Municipal em 2004.Em 2005, o grupo fez parceria com o Programa MOVA-Brasil e ganhamos o Título de Utilidade Pública Estadual, através do deputado Estadual Fernando Mineiro – PT e em 2006 o grupo ganhou o Prêmio Funarte de Teatro Myrian Muniz num valor de R$ 20.000,00.Ainda em 2006, Ganhou também o Troféu Eliane Bandeira de melhor grupo em atividades no Vale do Assu, através do MOVA-Brasil e firmou parceria com a Articulação Nacional de Educação Popular em Saúde – ANEPS e participou do Projeto Canto Potiguar junto com a Cia. Brincantes do Sertão em Mossoró.Em 2007, foi trabalhado o Projeto Quartinha Cultural junto a Petrobrás, percorrendo várias cidades do RN e CE com o espetáculo O FUXIQUEIRO e começamos as gravações do filme “Perdição”, adaptado a partir da peça O FUXIQUEIRO, concluído em 2009.Em 2008, foi feito o trabalho de mobilização educacional junto ao Programa Dom Hélder Câmara pelas comunidade rurais do Território Sertão Apodi, puxado o Movimento Fundação de Cultura Já e deu inicio a multiplicação teatral em Martins e Alexandria.Ganhou ainda, o Troféu Ponto de Cultura de melhor grupo de teatro do Rio Grande do Norte, em atividades artísticas culturais e por sua multiplicação dentro e fora de Janduís, pelo jornalista Alexandro Gurgel.Em 2009, a Cia. Ciranduís concluiu a captação de imagens do filme perdição, trabalhou os projetos “Ciranduís 16 anos e Folclorarte”; ganhou as comendas Francisco Luciano Alves do mandato do Vereador Braga e Sindicalista Raimundo Canuto de Brito do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Janduís.Recentemente ganhamos os prêmios Lula Medeiros de Teatro de Rua e Chico Villa de Circulação Teatral, concedido pelo Governo do Estado através da Fundação Jose Augusto, com um montante de R$ 16.000,00 para atividades no campo da arte e cultura e realizamos uma das maiores festa pras crianças de Janduís, em outubro de 2009.Atualmente a Ciranduís desenvolve oficinas de teatro em Alexandria e Lucrecia e oficina de fotografia digital em Lucrecia e presta assessoria e elaborações de projetos para a cidade de Alexandria.FONTE - SITE DA COMPANHIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
SOU O STRR PMRN JOTA MARIA, NASCIDO NA CIDADE DE MOSSORÓ-RN.AQUI OS OESTANOS VÃO CONHECER A HISTÓRIA DOS MUNICÍPIOS DA MESORREGIÃO . OESTE POTIGUAR. TENHO O MAIOR ORGULHO DE SER MOSSOROENSE E OESTANO DO RIO GRANDE DO NORTE. SOU SOU TORCEDOR DO BARAÚNAS, O MAIS QUERIDO DE MOSSORÓ E INTERIOR DO RIO GRANDE DO NORTE

Minha lista de blogs